[gtranslate]

PORTES GRÁTIS a partir de 30€ (Portugal Continental)

Contactos:

RH Restaurador Hepático 60caps – EUBAGE

valor por embalagem

26,10

RH Restaurador Hepático 60caps da EUBAGE

O RH Restaurador Hepático participa no processo de desintoxicação, drenagem, no bom funcionamento hepático e renal, reduz a taxa de homocisteína no sangue, que é um resíduo do metabolismo dos aminoácidos que está diretamente implicada na arteriosclerose, na osteoporose, na regulação da função celular e mitocondrial.

Descrição

RH Restaurador Hepático 60caps da EUBAGE

O RH Restaurador Hepático da EUBAGE participa no processo de desintoxicação, drenagem, no bom funcionamento hepático e renal, reduz a taxa de homocisteína no sangue, que é um resíduo do metabolismo dos aminoácidos que está diretamente implicada na arteriosclerose, na osteoporose, na regulação da função celular e mitocondrial.

Características do RH Restaurador Hepático da EUBAGE:

O cloridrato de Betaína é lipotrópico e hepatoprotetor, dificultando os depósitos lipídicos. Reduz a taxa de homocisteína no sangue, que é um resíduo do metabolismo dos aminoácidos que está diretamente implicada na arteriosclerose e na osteoporose.

Os flavonóides do Crisântemo americano (Crysantellum americanum) melhoram a circulação venosa periférica e intervêm no equilíbrio do metabolismo lipídico. Aumentam a resistência dos vasos capilares. Estimulam a secreção biliar e digestiva. Facilitam a eliminação dos cálculos biliares de qualquer origem.
Dinamizam a emulsão das gorduras, como os triglicéridos e o colesterol, eliminando o colesterol mau (LDL e vLDL). Atuam como depurativo e hepatoprotetor.

As silimarinas compostas principalmente por silibina, silicristina e silidianina do Cardo Mariano (Silybum marianum), são muito eficazes no tratamento da inflamação dos ductos biliares (ativando o fluxo da bílis sintetizada no fígado até à sua entrada no duodeno). A Silimarina participa na desintoxicação e atua contra os depósitos adiposos, devido às suas propriedades protetoras e curativas das lesões hepáticas. Ajuda na estabilização das membranas celulares do fígado e estimula a síntese das proteínas hepáticas que conduzem à produção de novos hepatócitos, regenerando o tecido hepático. Exerce efeito hepatoprotetor contra diversas substâncias tóxicas (álcool, paracetamol, etc. ), reduzindo a taxa de GOT e GPT e da bilirrubina.

Os flavonoides expressos em vitexina da Tília (Tília cordata) apresentam propriedades notáveis de drenagem das toxinas. É extremamente útil ao nível das vias urinárias. Atuam como um poderoso solvente do ácido úrico, muito importante em caso de colecistite com origem em litíase. É um excelente drenador das vias biliares e urinárias.
Atua como antiespasmódico, especialmente no espasmo do esfíncter de Oddi.

O ácido alfa-lipóico atua como analéptico participante no processo enzimático de conversão dos açúcares e gorduras em energia (produção de ATP). O Ácido Alfa-lipóico melhora a depuração do organismo.

A Lespedeza é a denominação mais corrente para a planta leguminosa norte-americana, da família das Fabaceae, cujas flores e frutos têm bem assinaladas propriedades diuréticas. Em fitoterapia tem sido usada em tratamentos de hiperazotemia (aumento patológico de ureia na circulação sanguínea), sendo-lhe reconhecido um efeito de aumento da filtração glomerular benéfico nas situações de nefropatia.

Quando ocorre redução acentuada da filtração glomerular e aumento implícito da creatinina e da ureia no plasma, a tendência é para agravamento da nefropatia (diabética, autoimune, hipertensiva ou outra). Nestes quadros, é benéfico o efeito estimulante da filtração renal pela Lespedeza: um rim insuficiente sobrecarrega sempre o fígado, agravando potencialmente um processo automantido por nocividades recíprocas.

As saponinas induzidas pelos alcalóides indólicos do Desmódio (Desmodium adscendens) favorecem os protetores do trabalho metabólico e limitam a toxicidade hepática induzida por tetracloreto de carbono. Atuam positivamente sobre a evolução da taxa das transaminases.

O Bitartarato de colina pertence à extensa família vitamínica do complexo B, sendo a molécula mais adequada à boa absorção e boa biodisponibilidade da colina, que é a substância nuclear da ação lipotrópica protetora do fígado como resultado da redução do excesso de gordura hepática (“fígado gordo”). Tenha-se em conta que um fígado infiltrado por deposição de lípidos é um fígado insuficiente ou a caminho da insuficiência e dos riscos de intoxicação endógena. Dado que o organismo humano não consegue produzir a necessária colina e que a ingerida na alimentação não supre esta carência, é recomendável para uma boa proteção ou restauração hepáticas a toma de um suplemento, de preferência Bitartarato de colina.

As hepatopatias medicamentosas, nutricionais (excessos alcoólicos), metabólicas ou infeciosas (hepatites virais e outras), recomendam regimes de destoxicação do nosso principal órgão destoxicante que é precisamente o fígado.

Outros efeitos benéficos da colina e preferencialmente do Bitartarato de colina resultam em grande parte da constituição dinamizadora dos grupos metilo em processos metabólicos dos lípidos, do melhor funcionamento do cérebro, da biossíntese do neuromediador acetilcolina, dos efeitos colagogo e colerético, da vasodilatação e até de benefícios em Alzheimer, falhas de memória, formação de enzimas que reduzem a homocisteína (chamada “novo colesterol”) e também na boa formação do cérebro de bebés e crianças.

O Glutatião reduzido atua em profundidade bioquímica metabólica como protetor, regenerador e ativador das células do fígado e é quimicamente o tripeptido gama-glutamil-cisteinil-glicina, uma molécula presente nos seres humanos.  A deficiência em glutatião está associada na cadeia causal de múltiplas e diversas patologias, incluindo doenças hepáticas. Correntemente, as pessoas idosas com níveis elevados de glutatião são consideradas mais saudáveis, tendo-se descoberto o seu efeito potenciador sobre a telomerase, enzima que contribui para a manutenção dos telómeros, reconhecidos agentes da longevidade celular.

Existem duas formas de glutatião: uma forma oxidada (GSSG) e uma forma reduzida (GSH), que é a forma beneficamente ativa e incluída neste suplemento alimentar.  Os seus efeitos benéficos são o antioxidante, a purificação do organismo (incluindo as células hepáticas), a proliferação e renovação celulares e a muito importante proteção e ativação das mitocôndrias (atenção às recentemente apontadas doenças mitocondriais, que afetam a energia, a imunidade, a qualidade de vida e a longevidade).

O Selénio biológico (L- Selenometionina) é primordial no bom funcionamento do filtro hepático e protege as células de danos causados pela oxidação dos radicais livres.

Embalagem de 60 cápsulas

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Por 4 cápsulas:

Cloridrato de Betaína 260 mg
Extrato seco de Crisântemo americano (Chrysanthellum americanum (L.) Vatke – Folhas, padronizado a 3% de Flavonoides)  260 mg
Extrato seco de Cardo mariano (Silybum marianum (L.) Gaertn. – Frutos, padronizado a 20% de Silimarina) 220 mg
Extrato seco de Tília (Tilia cordata Mill. – Folhas, padronizado a 2,5% de Flavonoides)  220 mg
Ácido α-Lipóico ® 200 mg
Bio Catalysador Enzymático 180 mg
Extrato seco de Lespedeza capitata Michx. 120 mg
Extrato seco de Desmódio (Desmodium adscendens (Sw.) DC. – Folhas)  120 mg
Bitartarato de colina 120 mg
Glutatião reduzido 20 mg
L- Selenometionina 120 μg
  (Selénio elemento: 45%) (54 μg Se)

Ingredientes: Cloridrato de Betaína, Extrato seco de Crisântemo americano (Chrysanthellum americanum (L.) Vatke – Folhas), Extrato seco de Cardo mariano (Silybum marianum), Extrato seco de Tilia (Tilia cordata Mill. – Folhas), Ácido α-Lipóico, Bio Catalysador Enzymático®, Extrato seco de Lespedeza capitata Michx., Extrato seco de Desmódio (Desmodium adscendens (Sw.) DC. – Folhas), Bitartarato de colina, Glutatião reduzido, L- Selenometionina; Celulose microcristalina, Sais de magnésio de ácidos gordos, Dióxido de Silício (antiaglomerantes); Cápsula vegetal: Hipromelose, Dióxido de titânio, Carragenina e Cloreto de Potássio (corantes).

DOSAGEM E ADMINISTRAÇÃO

Tomar 2 cápsulas, 2 vezes por dia, antes das refeições. Engolir a cápsula sem abrir nem mastigar, com um copo de água

INDICAÇÕES

– Desintoxicação
– Drenagem
– Funcionamento hepático e renal
– Reduz a taxa de homocisteína no sangue

ADVERTÊNCIAS

Não deve ser excedida a toma diária recomendada.

Para toma prolongada, aconselha-se a consulta de um profissional de saúde.

Não se aconselha a toma deste produto durante a gravidez ou amamentação.

Não recomendado em caso de hipersensibilidade ou alergia a qualquer um dos constituintes da formulação.

Os suplementos alimentares não são substitutos de um regime alimentar variado e equilibrado, nem de um modo de vida saudável.

O produto deve ser guardado fora do alcance e da vista das crianças.

Conservar na embalagem original, em local fresco e seco, e ao abrigo da luz.

CARACTERÍSTICAS

NA

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “RH Restaurador Hepático 60caps – EUBAGE”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Envio grátis a partir de 30€

Devoluções até 14 dias

Pagamento seguro

Apoio ao Cliente

Tem dúvidas? Precisa de ajuda?

Preocupamo-nos com a sua saúde. Valorizamos a Natureza.
Contactos:

Vamos falar

Abrir chat WhatsApp.
1
Olá. Podemos ajudar?
Nature Heals
Olá.
Como podemos ajudar?