Envios gratuitos acima de 30 €

AJUDA E CONSELHOS: shop@natureheals.pt | 961654507

Como escolher um probiótico e porquê?

belly 1

Alguma vez pensou nos benefícios que os probióticos podem ter na sua saúde digestiva?  Sabe-se hoje que a saúde digestiva tem um papel determinante na nossa saúde em geral.

Se costuma sofrer de prisão de ventre, flatulência, inchaço e tem aquela constante necessidade de desapertar as calças depois do almoço, então, este artigo é, sem dúvida, para si. Mas, na verdade, os probióticos são para todos nós… e diariamente!
Tomar um probiótico tornou-se tão essencial como tomar um multivitamínico diário.

Como se costuma dizer, “o intestino é o nosso segundo cérebro” e é incrível como ele está conectado com todo o nosso sistema imunológico, peso, digestão, saúde da pele e bem-estar no geral.

A nossa saúde intestinal desempenha um poderoso papel em quase todos os aspetos da nossa saúde geral. Hoje esta é uma realidade inquestionável. Por isso é que se fala tanto de probióticos — esses maravilhosos microrganismos (bactérias e leveduras úteis) que vivem no nosso intestino, ajudam a repovoar a flora intestinal com o tipo “certo” de bactérias e leveduras boas e melhoram a saúde geral do organismo.

Mas, como saber se o seu sistema digestivo está desequilibrado e a precisar de  probióticos?

Tenha em atenção sinais além do óbvio, como, por exemplo, sentir inchaço na barriga logo após as refeições. O seu estado de humor ou desequilíbrios na pele podem igualmente estar relacionados com o seu intestino.

Sempre que tomar antibióticos, devido a alguma situação de saúde que viveu, deve, durante e após 2 meses de terminar o tratamento médico, suplementar com probióticos. Isto porque os antibióticos trabalham eliminando as bactérias boas e más que colonizam o nosso intestino, o que cria sempre algum desequilíbrio no nosso microbioma.

E como escolher o probiótico mais adequado?

Tal como deve comer frutas e legumes todos os dias, deve criar o hábito de incluir probióticos na sua rotina alimentar. Não precisa de ter problemas de saúde para ter necessidade de fazer suplementação de probióticos.

Se é um adulto saudável, pode aumentar o número de micróbios benéficos com um suplemento probiótico diariamente. Irá garantir que o seu intestino fica carregado de bactérias saudáveis que precisa para a sua correta função digestiva e dar-lhe o impulso que faltava ao seu bem-estar geral.

Nem todos os suplementos probióticos são iguais. Existem muitas cepas (como Lactobacillus e Bifidobacterium) e todas têm finalidades diferentes. Por isso, escolha sempre um probiótico que tenha uma variedade de cepas de culturas probióticas vivas e, sempre que possível, que contenha uma vasta combinação de prebióticos e probióticos.

Informe-se sobre quais as cepas de probióticos que estão incluídas no produto que escolher e se essas são as adequadas ao que precisa.

O Ther Biotic Complete Klaire tem 25 billiões de UFC por cada cápsula , com  uma variedade de 12 cepas selecionadas que contem Lactobacillus e Bifidobacterium propositadamente para criar a diversidade natural do seu intestino, e reparar a função da berreira intestinal.

De modo a tirar maior proveito dos probióticos ingeridos com a suplementação, e garantir que estes preparam o seu intestino para os alimentos, tome o seu suplemento de probióticos em jejum, pela manhã, com o estômago vazio (de preferência 15 minutos antes da primeira refeição).

Os probióticos parecem ter uma lista cada vez maior de superpoderes e, no caso das mulheres, é de facto importante. Embora as pesquisas ainda sejam recentes no que diz respeito à relação de causa e efeito na toma de um probiótico, alguns estudos mostraram que o uso de probióticos pode reduzir a resistência à insulina, diminuir a inflamação, melhorar a fertilidade, diminuir as infecções do trato urinário e vaginais, reduzir a ansiedade, melhorar o sono e o ritmo circadiano e, claro, diminuir as crises de obstipação, inchaço, diarreia e ajudar na perda de peso. Tomar um probiótico a partir dos 30 anos de idade também pode ajudar a prevenir a perda óssea da menopausa.

De 3 em 3 meses, mude de probiótico, de modo a alterar as cepas.

Conheça ainda alimentos ricos em probióticos e que pode incluir na sua dieta alimentar:

— Iogurte de coco ou kefir de coco

— Azeitonas curadas com água ou salmoura

— Chucrute

— Vegetais em conserva

— Kimchi

— Iogurte Natural de preferência biológico (para quem tolera lácteos).

Outras opções que lhe podem interessar:

Outros temas que podem ser do seu interesse:

Cuide de si.
Você merece.

Vamos falar

Abrir chat WhatsApp.
1
Olá. Podemos ajudar?
Nature Heals
Olá.
Como podemos ajudar?